,

Abacate antes de dormir: Faz bem ou mal? Saiba

A alimentação noturna é algo que exige bastante cuidado, não apenas quando se trata do abacate, mas de maneira geral

Muitas pessoas costumam ter um “pé atrás” em relação ao consumo do abacate. Por ser um alimento rico em gordura, costuma-se acreditar que ele faz mal para saúde e uma grande parcela da população prefere evitar a ingestão da fruta, especialmente antes de dormir.

A alimentação noturna é algo que exige bastante cuidado, não apenas quando se trata do abacate, mas de maneira geral. Os alimentos devem ser sempre mais leves e não devem ser consumidos muito perto da hora de se deitar.

Posso comer abacate antes de dormir?

O abacate pode ser um alimento que traz inúmeros benefícios caso seja consumido pela noite. Mas ele também pode causar danos à saúde caso seja ingerido em grandes quantidades, especialmente antes de dormir.

O abacate é um alimento rico em calorias e por isso pode favorecer o ganho de peso

É importante evitar o consumo exagerado do abacate (Foto: depositphotos)

Abacate beneficia o sono

Um dos benefícios de consumir o abacate antes de dormir está diretamente ligado à qualidade de sono. Por ser uma fonte rica de magnésio, o alimento é uma forma natural de fazer com que o sono chegue mais rápido.

Segundo o especialista Juliano Pimentel, o magnésio é essencial na produção da serotonina, o “hormônio da felicidade”. “Certos hormônios regulados pelo magnésio são cruciais para acalmar o cérebro e promover o relaxamento, razão pela qual uma deficiência de magnésio pode levar a insônia”, revela o profissional.

Veja tambémDescubra como fazer o abacate amadurecer rapidinho em casa

Segundo uma pesquisa publicada pelo Journal of Neuropharmacology, os ratos que tinha deficiência de magnésio apresentavam comportamentos relacionados à ansiedade comparados aos outros mesmos animais que receberam suplementos de magnésio. Além de ajudar a acalmar a mente e acabar com a ansiedade e estresse, o magnésio também pode combater sintomas da depressão.

Uma noite mal dormida traz inúmeros danos à saúde e uma delas afeta diretamente o processo de emagrecimento. Os hormônios que ajudam a controlar o apetite são prejudicados e desregulados quando o individuo não dorme bem, fazendo com que a pessoa amanheça mais faminta e coma mais que o necessário no café da manhã.

Ajuda no crescimento dos músculos

O hormônio GH (Growth Hormone), responsável pelo crescimento, tem seu pico justamente no período noturno. E o consumo do abacate é uma forma de intensificar a produção dele.

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, o hormônio GH é indispensável durante o período de crescimento, pois sem este hormônio a estatura adulta normal não pode ser alcançada. Além de ser fundamental para o crescimento, o hormônio também auxilia na formação e fortificação dos músculos e ainda faz com que o organismo use a gordura armazenada como fonte de energia.

É importante ter cuidado com os excessos

Apesar de ser tão benéfico e poder, até mesmo, contribuir para o emagrecimento, o abacate, por outro lado, é um alimento bastante calórico. Exagerar no consumo de abacate, especialmente antes de dormir, é uma forma de acumular calorias, consequentemente aumentando o peso.

É importante evitar o consumo exagerado do abacate, pois o alimento também é bastante rico em gorduras. Apesar de serem saudáveis, em excesso podem prejudicar a saúde.

Os alimentos ricos em gordura precisam de um tempo maior para serem digeridos, quando o abacate é consumido pouco tempo antes de dormir, na hora que o indivíduo for deitar, o corpo ainda estará tendo trabalho para digerir essa gordura.

Veja também: Abacate faz mal para o estômago? Saiba e entenda

Quando devo consumir abacate?

O abacate pode sim ser consumido a noite, mas o mais indicado é que ele seja ingerido, pelo menos três horas antes de dormir.

Benefícios do abacate

Riquíssimo em nutrientes e vitaminas, o abacate é uma excelente forma de ajudar a fortalecer o sistema imunológico, protegendo o organismo contra doenças como o câncer. O alimento contém substâncias responsáveis por agirem como bloqueadores de pelo menos 30 agentes que podem causar diversos tipos de câncer.

O abacate também tem o efeito que ajuda a equilibrar os níveis do colesterol, ajudando a proteger as artérias. Rico em fibras, o consumo do abacate também ajuda a manter o bom funcionamento do intestino.

Os benefícios do consumo do abacate podem ser sentidos até mesmo na forma externa. A fruta ajuda a manter a saúde e beleza dos cabelos, protegendo o couro cabeludo das caspas e ainda auxiliando na prevenção de problemas como a calvície.

Veja também: Vai comprar abacate? Então você precisa dessas dicas para escolher o melhor fruto