Chá de hibisco com cavalinha; veja para que serve

O chá de hibisco é conhecido como uma forma de perder peso. Mas quando unido com a cavalinha, o efeito é potencializado

O chá de hibisco e a erva cavalinha são muito consumidos devido aos inúmeros benefícios que ambas plantas possuem. E quando usadas juntas, elas servem como uma ótima forma de ajudar a perder peso de forma natural.

Para a perda de peso ser ainda mais eficaz e saudável, busque aliar o consumo do chá de hibisco com cavalinha junto com uma dieta receitada por um profissional da área e a prática diária de atividades físicas.

Chá de hibisco com cavalinha

Você merece ficar sabendo para que serve chá de hibisco com cavalinha

Algumas pessoas se perguntam para que serve chá de hibisco com cavalinha (Foto: depositphotos)

O chá de hibisco já é conhecido no mundo da medicina alternativa como uma excelente forma de perder peso. Mas quando unido com a cavalinha, o efeito é potencializado.

A mistura das ervas ajuda a manter o metabolismo acelerado, elimina a retenção de líquido e ainda contribui para a absorção de gorduras localizadas.

Além disso, quando misturadas as ervas ainda melhoram o processo de digestão e também regularizam a flora intestinal.

A erva hibisco é antioxidante, laxante e tem propriedades anti-inflamatórias e ação diurética, ajudando a eliminar todas as toxinas que podem ser prejudiciais a saúde e à queima de caloria.

A cavalinha também ajuda a combater a retenção de líquido, mantém o metabolismo acelerado e contribui na queima de calorias.

Ela também possui um efeito antioxidante e ajuda a reduzir problemas de flacidez e ainda combate à celulite.

Veja também: Onde encontro chá de cavalinha

Como preparar o chá

Ingredientes

  • 5 colheres de hibisco;
  • 3 colheres de cavalinha;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Coloque a água para ferver e acrescente o hibisco e cavalinha. Depois de esquentada, desligue o fogo e deixe o recipiente abafado por alguns minutos.

Antes de consumir a bebida, coe-a e não acrescente nenhum tipo de adoçante. O chá deve ser consumido antes das principais refeições do dia.

Benefícios do chá de hibisco

Além de ser um forte aliado para quem pretende emagrecer, o hibisco também apresenta inúmeros benefícios para a saúde de um modo geral.

Ele ajuda a combater problemas de colesterol alto, regula a pressão arterial e melhora a circulação do sangue. Além disso, possui propriedades antidepressivas,  antibacterianas, analgésica, expectorante, digestiva, calmante e anticaspa.

O hibisco também é uma excelente fonte de vitaminas B1, B2 e C. Ele também ajuda no fornecimento de energia para os neurônios e a fortalecer o sistema imunológico.

“A bebida também é rica em ferro, o qual é essencial para evitar problemas como a anemia, além de conter boas doses de vitamina A, muito importante na saúde da visão, do sistema imunológico, dos ossos e pele, e também tem a presença da vitamina C, a qual torna o chá útil na prevenção do envelhecimento precoce e de doenças cardiovasculares”, revela a nutricionista Beatriz Prado.

Veja também: Chá de hibisco e seus poderes emagrecedores

Benefícios do chá de cavalinha

A cavalinha é uma excelente forma natural de combater diversos problemas de saúde. A erva possui efeito anti-inflamatório, desintoxicante e adstringente.

A erva também ajuda no controle da pressão, trata anemia, alivia os sintomas da úlcera e reumatismo, combate a ansiedade, dores de cabeça, estresse e pedra nos rins e vesícula.

A nutricionista esportiva Rosane Martins explica que, devido à forte ação diurética da cavalinha, é essencial a ingestão de água.

“É preciso beber muita água para hidratar o corpo e diminuir retenção de líquido. O chá de Cavalinha, por ser diurético, vai ajudar no funcionamento dos rins, a diminuir o inchaço na barriga, além de ser revitalizante”, aconselha.

Contraindicações

Apesar de ser uma bebida natural e extremamente saudável, o consumo em excesso do chá de hibisco com cavalinha pode trazer danos à saúde. O indicado é consumir no máximo três xícaras da bebida por dia.

Pessoas que têm problemas de pressão baixa, assim como gestantes e lactantes devem evitar o consumo do chá ou apenas consumi-lo sob acompanhamento de um especialista.